Moradores das torres do Jardins Mangueiral se sentem desfavorecidos por Decreto nº 39.229 do GDF que permite a construção das garagens somente das casas.

0


Moradores das torres do Jardins Mangueiral cobram
do Governo uma solução para obtenção de autorização para construção de cobertura
das vagas de garagem das torres do bairro. 
Em agosto de 2018, o Decreto nº 39.229
autorizou alteração de projeto do Memorial Descritivo MDE-PH – 015/09 do Setor Habitacional
Mangueiral – SHMA permitindo aos moradores dos sobrados do bairro a construírem
coberturas nas suas vagas de garagem e deixando de fora os moradores das torres
que não podem fazer o mesmo em suas garagens. Isso demonstra que a mudança foi feita
sem consulta aos moradores interessados. O Jornal Mangueiral obteve informação
de que essa alteração do Decreto ocorreu com iniciativa do ex administrador do
Jardim Botânico que, em ano eleitoral, convenceu alguns síndicos a assinarem
documentos concordando com a alteração apenas para os sobrados com a promessa
de que se eleito como Deputado Estadual mudaria o projeto e colocaria as torres
em um novo Decreto. Então, levaram adiante a
proposta de mudança do projeto, que foi aprovada, sem consulta à comunidade,
excluindo as torres apenas para facilitar a aprovação da alteração do Decreto
que há mais de ano esperava aprovação.

 O Jornal Mangueiral  procurou representante da AAJM – Associação
dos Amigos do Jardins Mangueiral e falou da demanda dos moradores das torres sobre
o assunto, a qual ficou muito surpresa e contrariada com a situação e informou
que a Associação não foi informada da aprovação da alteração do projeto
favorecendo apenas os moradores das casas do Jardins Mangueiral. Conforme
informações obtidas em alguns condomínios, muitas Quadras já aprovaram em assembleia
o projeto de cobertura das garagens das casas e torres, em conjunto, o que
ficaria mais barato para os moradores. Porém, o projeto dos sobrados não poderá
ser feito junto com o das torres já que ainda não é permitido essa benfeitoria
para as torres.

Campanha CLDF
Alguns moradores procuraram o Jornal Mangueiral
e pediram apoio para encaminhamento de demanda sobre o assunto à nova
Administração do Jardim Botânico porque se sentem prejudicados e esperam uma
solução para o caso. Nesse sentido, o Jornal protocolou ofício N
º 00307.0000.2019/17 junto à Administração do JB no
qual pede o apoio da Administração do Jardim Botânico no sentido de viabilizar
a inclusão no referido Decreto de permissão para cobertura das vagas vinculadas
às torres do bairro Jardins Mangueiral e assim atender a demanda dos 9 mil
moradores das torres do bairro que também pagam seu IPTU tal como os moradores
dos sobrados e não podem usar coberturas para proteção dos seus bens, como carros,
motocicletas, etc. A demanda foi bem recebida pelo administrador João Carlos Couto
Lossio, o qual disse que vai tomar as providências cabíveis o mais rápida possível
e lamentou o fato do Decreto ter sido aprovado sem inclusão das torres. Lossio
reforçou que as portas da Administração estão abertas para todos os moradores
do Jardins Mangueiral e Jardim Botânico.

 Veja abaixo imagens de alguns projetos aprovados
em assembleias de condomínios do Jardins Mangueiral para construção das
coberturas das vagas de garagens das torres e do ofício protocolado junto à
Administração do Jardim Botânico com a demanda dos moradores.
                                              Foto do projeto das Torres

                                                    Projeto das casa 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui