Brasília comemora 22 anos de respeito à faixa de pedestre

0
INTERNA 1 - Brasília comemora 22 anos de respeito à faixa de pedestre
Número de acidentes vem caindo desde 1997
O dia 1º de abril foi instituído como a data em que se comemora o respeito à faixa de pedestres, atitude iniciada no Distrito Federal em 1997 e que, hoje, faz parte da rotina dos moradores de Brasília. Apesar de ser bastante respeitada, nos três primeiros meses deste ano, 27 pessoas morreram fora da faixa e ao cruzar a via sobre a sinalização.
O número representa uma queda em relação a 2018, quando foram contabilizados, no mesmo período, 29 mortes fora da faixa semaforizada e uma na faixa não semaforizada. Isto serve de alerta para que os motoristas redobrem a atenção e os pedestres utilizem sempre este meio seguro para atravessar as vias.
A obrigatoriedade de parar na faixa de pedestres está prevista no artigo 70 do Código de Trânsito Brasileiro, instituído pela Lei nº 9.503 em 23 de setembro de 1997, seis meses após o DF adotar essa proteção ao pedestre. De acordo com a norma, “os pedestres que estiverem atravessando a via sobre as faixas delimitadas para esse fim terão prioridade de passagem, exceto nos locais com sinalização semafórica, onde deverão ser respeitadas as disposições deste Código”.
EPIDEMIA – No mundo, a morbidade e a mortalidade por acidentes de trânsito têm se destacado como grave problema de saúde pública. Para o enfrentamento dessa epidemia, o Ministério da Saúde implantou, a partir de 2013, em todas as capitais e no Distrito Federal (DF), o Programa Vida no Trânsito (PVT), em consonância com o Plano Nacional de Redução de Acidentes e Segurança Viária para a Década 2011-2020.
A meta do programa é reduzir em 50% os acidentes fatais no trânsito, nesse período. No DF, o Programa é coordenado pela Gerência de Vigilância das Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde, da Subsecretaria de Vigilância à Saúde.
“O Programa tem o objetivo de subsidiar os gestores no fortalecimento de políticas de prevenção de lesões graves e mortes no trânsito, por meio do planejamento, monitoramento e avaliação das ações integradas e intersetoriais”, destaca Fernanda Falcomer, gerente de Vigilância das Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde da Secretaria de Saúde do DF.
A faixa de pedestre tornou Brasília, em 1997, uma referência nacional em educação no trânsito. Desde aquele ano, os veículos que não param na faixa para os pedestres atravessarem em segurança são notificados. De acordo com dados do Departamento de Trânsito, em 1996, ano anterior à implantação da faixa, foram registradas 266 mortes de pedestres no trânsito do DF. 
Carolina Pedroza, da Agência Saúde.

45e3d5a6 0305 4294 be27 81a0bb3163aa%2B %2BC%25C3%25B3pia%2B %2BC%25C3%25B3pia - Brasília comemora 22 anos de respeito à faixa de pedestre

20181210 090847 - Brasília comemora 22 anos de respeito à faixa de pedestre

20181210 134415%2B %2BC%25C3%25B3pia - Brasília comemora 22 anos de respeito à faixa de pedestre

FB IMG 1520187201016%2B %2BC%25C3%25B3pia - Brasília comemora 22 anos de respeito à faixa de pedestre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui