Águas Claras e Floresta Nacional abrem jornada de blitze contra incêndio

0

O Parque de Águas Claras e a Floresta Nacional de Brasília serão as primeiras Unidades de Conservação (UCs) a receber a Blitz Educativa de Prevenção dos Incêndios Florestais no Distrito Federal. Com o objetivo de atender um público maior os eventos vão acontecer de forma simultânea, no dia 27 de março, das 8h às 12h.

Leia tambémJardim Botânico ganha reforço para o combate aos incêndios florestais

Ao todo serão dez as UCs atendidas, cinco a mais do que no ano passado. Além de Águas Claras, os parques Ezechias Heringer, Prainha, Fercal e Estação Rádio receberão as blitze pela primeira vez, em calendário que segue até agosto.

A reunião de planejamento para a realização da estratégia em 2020 foi na tarde desta quinta-feira (20), na sede da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), responsável por coordenar o Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF-DF). As blitze buscam conscientizar e alertar a população sobre a proibição e os perigos da queima de lixo e resto de poda, as principais causas de incêndio florestal no Distrito Federal.

No ano passado, 4,4 mil veículos foram abordados em eventos no Park Way, na Floresta Nacional de Brasília, no Jardim Botânico de Brasília, no Parque Boca da Mata e na Estação Ecológica de Águas Emendadas (Esecae). Estas são áreas de preservação mais vulneráveis aos incêndios florestais.

“Neste ano decidimos atender aos pedidos da população e, pela primeira vez, realizar duas blitzes no mesmo dia. No ano passado muitos motoristas abordados elogiavam a iniciativa e sugeriam outras regiões administrativas ou UCs para a gente atuar. Então, vamos testar o formato no final de março e avaliar seu funcionamento”, explica a coordenadora do PPCIF na Sema, Carolina Leite Queiroga Schubart.

O Grupo Executivo do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do DF é composto por: Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF), Companhia de Saneamento Ambienta do DF (Caesb), Aeronáutica, Marinha, Corpo de Bombeiros (CBMDF), Secretaria de Saúde, Jardim Botânico de Brasília (JBB), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Brasília Ambiental.

Com informações da Secretaria de Meio Ambiente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui