Taison e Dentinho se pronunciam nas redes sociais após atos de racismo

0
42

O clássico do Campeonato Ucraniano entre Shakhtar Donetsk e Dínamo de Kiev, no último domingo, foi marcado por casos de racismo endereçados aos brasileiros Dentinho e Taison. Os dois deixaram o gramado chorando e se pronunciaram em suas redes sociais após o ocorrido.

“Eu não queria comentar sobre o que aconteceu ontem (domingo), mas acho que não posso me calar diante de algo tão grave. Eu estava fazendo uma das coisas que mais amo na minha vida, que é jogar futebol, e, infelizmente, acabou sendo o pior dia da minha vida”, escreveu Dentinho em seu Instagram nesta segunda-feira.

Em algumas oportunidades, a torcida do Dínamo de Kiev fez sons de macaco aos jogadores. “Essas cenas não saem da minha cabeça. Não consegui dormir e já chorei muito. Sabe o que eu senti naquele momento? Revolta, tristeza e nojo de saber que ainda existem pessoas tão preconceituosas nos dias de hoje”, concluiu o jogador.

Ainda no domingo, o atacante Taison também resolveu usar o Instagram para se colocar contra o crime de racismo, sofrido por ele e seu companheiro. Ele mostrou o dedo do meio para a torcida e, pelo ato, acabou expulso.

“Jamais irei me calar diante de um ato tão desumano e desprezível! Minhas lágrimas foram de indignação, de repúdio e de impotência, impotência por não poder fazer naquele momento! Mas somos ensinados desde muito cedo a sermos fortes e lutar! Lutar pelos nossos direitos e por igualdade! Em uma sociedade racista, não basta não ser racista, precisamos ser antirracistas”, escreveu.

O jogo, disputado em Metalist, a casa do Shakhtar, terminou 1 a 0 para os donos da casa, com gol de Sergiy Krivtsov. As ofensas vieram da torcida visitante e os dois jogadores não queriam seguir jogando. A arbitragem chegou até mesmo a paralisar o duelo e retirar os times de campo. Os próprios jogadores do Dínamo pediram para que os torcedores parassem com as ofensas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui