São Sebastião investe em profissionalização da comunidade

0

A Administração Regional de São Sebastião adaptou suas instalações para receber alunos que queiram se profissionalizar e buscar uma vaga de trabalho. O projeto é fruto de uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e disponibiliza, de forma gratuita, os cursos de corte e escova, calorimetria, penteado, maquiagem, informática, agente de alimentação escolar, confeitaria e produção de tortas (doces e salgadas).

“O governador sempre diz para trabalharmos no desenvolvimento das regiões, para que elas possam gerar empregos. Não tem que ir todo mundo para o Plano Piloto! E é nessa premissa de trabalhar para os mais humildes que nós adaptamos o espaço da administração”, declara o administrador de São Sebastião, Alan José Valim Maia.

“Estamos muito felizes com o retorno deste trabalho. Eu não podia privar a comunidade de fazer esses cursos tão importantes por não ter um local”, acrescenta.

“Esse curso transformou a minha vida. Minha clientela aumentou a qualidade do meu trabalho também”Nayara Duarte, microempresária

A satisfação reiterada pelo administrador se reflete no número de alunos formados. Só no ano passado, 460 estudantes saíram da sede da administração regional com seus diplomas. E o curso volta a funcionar em 10 de fevereiro, já com mais de 200 inscritos.

Para que o trabalho acontecesse a administração se adaptou, por exemplo, diminui o espaço do almoxarifado, aproveitou a área de uma sala utilizada para reuniões de alcoólicos anônimos no período da noite, adaptou a sala de computadores da biblioteca pública (reformou e colocou mais computadores) para ser a sala do curso de informática e construiu na entrada da biblioteca outra sala (mudando a porta de entrada para o lado). E hoje já disponibiliza cinco salas.

Michele de Jesus e Nayara Duarte formadas em cabeleleiras e maqueagens 1 - São Sebastião investe em profissionalização da comunidade
Nayara Duarte e Michele de Jesus foram formadas pelo Senac e, hoje, são sócias no próprio negócio

Tempo de colheita

Quem passou pelo curso em 2019 e hoje está formado já colhe os frutos. Nayara Duarte Fernandes, 24 anos, trabalhava como recepcionista em um hospital. Mas ela diz que não conseguia alcançar sua independência financeira, até que procurou os cursos do Senac. Hoje, seu salão de beleza prospera.

“Meu sonho era fazer um curso, mas eles eram muito caros e eu não tinha condições de pagar. Esse curso transformou a minha vida. Minha clientela aumentou a qualidade do meu trabalho também. E o fato de termos conseguido uma sede na administração facilitou ainda mais a minha vida. Antes não tínhamos um lugar, nos sentíamos jogados de um lado para o outro, parece que ninguém queria nos receber”, relata.

Nayara agora reúne em seu currículo a experiência como cabeleireira, personal bronze, design de sobrancelhas, extensionista de cílios e maquiadora. “A minha renda triplicou. Consegui até conquistar meu carro. Foi uma benção para mim”, comemora.

Também aluna do curso, Michelle de Jesus Pereira, 27 anos, estava desempregada. Ela se profissionalizou em depilação, maquiagem e design de sobrancelhas. Hoje, é sócia de Nayara no salão de beleza, a convite da colega.

“Foi muito importante o apoio que tivemos. E sabemos que vamos continuar a ter, pois o administrador está nos apoiando mesmo. E nossa comunidade necessita disso, tem muita gente precisando se profissionalizar e trabalhar. Aqui na administração estamos sendo muito bem cuidados”, elogia a profissional de beleza.

FB IMG 1560166011843 - São Sebastião investe em profissionalização da comunidade
arte da claudia creche 1024x726 - São Sebastião investe em profissionalização da comunidade
20191203 105034 2 - São Sebastião investe em profissionalização da comunidade
20190830 201830 2 - São Sebastião investe em profissionalização da comunidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui