Projeto Dançart’Especial inicia as oficinas gratuitas

0
A alegria e diversão não faltaram no primeiro dia de oficina do Projeto Dançart’Especial. Teve muito sorriso no rosto e dança nos pés, que alegraram os participantes. A Associação Dançart’Especial, idealizada pela professora Sônia Ramalho, vem, há 11 anos, fazendo a diferença na vida das pessoas com deficiência.
Com o objetivo de trabalhar a inclusão social dessas pessoas através da dança, o projeto visa trabalhar com a individualidade de cada um, respeitando cada limitação. “Eles já têm autonomia dentro do projeto, a liberdade de criar passos dentro do contexto”, conta Sônia.
“O grupo Dançart não veio com dança codificada, com passinhos pra lá e pra cá, e o nosso lema é ‘não decorar passos, não decore passos’, aprenda o seu caminho da melhor forma, dentro das limitações deles”, ressalta ainda.
O projeto vem com uma proposta de oferecer mais qualidade de vida para pessoas com deficiência. Para Tereza Silva, de 65 anos, e mãe da Vera, dançarina interprete no projeto há sete anos, a importância de projetos assim faz com que sua filha se sinta viva, capaz de fazer o que gosta. “Durante todo esse tempo, se eu estou junto, é porque eu vejo resultado”, afirma Tereza.
A iniciativa é voltada para pessoas com deficiência de todos os lugares do Distrito Federal e do Entorno, não se limitando a nenhum tipo de deficiência. Segundo Sônia, o grupo contava com 23 pessoas. Agora, com o auxílio do Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC/DF), o projeto espera crescer com novos participantes durante as oficinas ministradas durante 2019.

As inscrições permanecem abertas até o fechamento das turmas.
Serviço
Projeto Dançart Especial
Para Pessoas com Deficiência
Inscrições:  pelo site  ou no Centro de Ensino Especial 01 de Samambaia, localizado na QS 303, nas segundas-feiras e sextas-feiras, pela manhã.
Realização: Dançart’ Espcial, DZ6 Produções Culturais
Apoio
CEE 01 Samambaia, SEST SENAT Samambaia
Patrocínio
Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC-DF), Secretaria de Cultura, Governo do Distrito Federal.

Campanha CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui