População ganha nova UBS em São Sebastião

0
A população de São Sebastião recebeu mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS), inaugurada nesta segunda-feira (17), na Quadra 101 do Residencial Oeste. Com duas equipes de Estratégias Saúde da Família, a UBS 2 tem capacidade para realizar o acompanhamento de oito mil pessoas da Vila Nova 1 e do Setor Tradicional.
“Quando iniciamos este governo, o Distrito Federal tinha uma das menores coberturas de Saúde da Família do Brasil, que girava em torno de 28%. Hoje, temos 68%. Sabemos da importância dessa ampliação, porque, à medida que a população incorporar a cultura de procurar as unidades básicas de saúde, vamos desafogar os prontos-socorros dos hospitais”, ressaltou o governador, Rodrigo Rollemberg.
“Essa região tem altos índices de vulnerabilidade social e está próxima de atingir 100% de cobertura de Estratégia Saúde da Família. Essa foi a nossa prioridade: assistir às regiões que mais precisam. E nossa meta é atingir 70% de cobertura, até o final deste ano, em todo o DF”, ressaltou o secretário de Saúde do DF, Humberto Fonseca.

Unidade Básica de Saúde fica na Quadra 101 do Residencial Oeste.
ESPAÇO – A estrutura, que iniciou o atendimento da população em outubro deste ano, funciona em um local cedido pelo Tribunal Regional Eleitoral do DF. No espaço, foram investidos R$ 213 mil para adequações físicas, serviço realizado pela empresa contratada para dar manutenção.

 Após a conclusão da obra, foram alocadas duas equipes oriundas da UBS Vila Nova 1 e UBS 18 do Setor Tradicional. O atendimento é das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira, na Quadra 1 do Residencial Oeste.
“Faço acompanhamento para tratar da diabetes. O atendimento prestado pelos profissionais é excelente”, disse a aposentada Esmeralda Alves Ferreira, 67 anos, moradora de São Sebastião.

Campanha CLDF
Rodrigo Rollemberg e Humberto Fonseca: espaço atenderá moradores. 
SERVIÇOS – Os serviços disponibilizados pelas equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) constam da Carta de Serviços, sendo os principais: consultas médicas e de enfermagem, inalações, injeções, curativos, vacinas, encaminhamentos para especialidades, fornecimento de medicação básica, atividades coletivas para a promoção da saúde e prevenção de doenças, entre outras.
COBERTURA – A Região de Saúde Leste é formada por Paranoá, Itapoã, São Sebastião e Jardim Botânico. As coberturas são de 100% no Paranoá; 90,4% no Itapoã; e 91,4% em São Sebastião. Jardim Botânico e Jardins Mangueiral (em São Sebastião) ainda não têm cobertura das equipes de ESF. Os pacientes são referenciados para a Policlínica do Lago Sul.

Consultórios serão usados por profissionais de Estratégia Saúde da Família.
Ailane Silva, da Agência Saúde
Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui