Motorista de transporte por aplicativos é a favor da regulamentação, mas as empresas que atuam no ramo são contra, como UBER, Cabify e 99.

0

Motorista
de transporte por aplicativos é a favor da regulamentação, mas as empresas que
atuam no ramo são contra, como UBER, Cabify 
e 99.
 
Em
entrevista à imprensa o diretor da Uber e 99 pede mais tempo para que o Projeto
de Lei, PL 28/2017 que trata da regulamentação do transporte remunerado privado
individual de passageiros por aplicativo seja revisto pelos senadores. 
Esta
regulamentação visa trazer uma normalidade ao sistema de transporte privado de
passageiros em Brasília e no Brasil, de uma forma regulamentada, justa, cobrando
as taxas de imposto para as empresas que usam o sistema de aplicativos. Além
disso, a regulamentação proporciona mais segurança aos usuários e motoristas. Isso
é o que os trabalhadores motoristas por aplicativos que trabalham com
responsabilidade querem e a sociedade precisa. 


Por outro lado, as empresas se
esquivam da responsabilidade, de assumir compromisso legais com a sociedade e
com os trabalhadores para fugir da obrigação de pagar impostos. Não querem
pagar nada para manter seu sistema uma máquina de fazer dinheiro fácil
explorando os trabalhadores que se submetem a ele por falta de alternativa de
emprego e os aventureiros que encontram “facilidade” para entrar no sistema
visto que não há controle de segurança de quem realmente está entrando como
motorista. Exemplo disso é que já foram noticiados diversos casos de violência
envolvendo motoristas que usam carros cadastrados nos aplicativos em nome de
outras pessoas. Entre empresas e motoristas estão os usuários que estão
interessados apenas em preço baixo. A tecnologia, o motorista, o taxi, não
importam, o que querem mesmo é pagar pouco. Mas por trás desse sistema que
cobra valores relativamente baixo dos usuários estão empresas explorando
trabalhadores que ganham um percentual mínimo do valor cobrado do passageiro; há
falta de controle e segurança do serviço prestado; há falta de compromisso das
empresas com o pagamento de impostos já que ainda não existe uma regulamentação
desse serviço. Isso é importante que o passageiro leve em conta.


A
aprovação desse Projeto de Lei é fundamental para garantir os direitos dos
trabalhadores e tornar seguro e justo essa prestação de serviço para a
sociedade. Todos os motoristas de aplicativos esperam com entusiasmo a
aprovação do PL 28/2017.



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui