Mais seis vítimas denunciam porteiro de prédio na Asa Sul por furto

0

A Polícia Civil do Distrito Federal cumpriu nesta segunda-feira (27)
um novo mandado de busca e apreensão contra o porteiro Mikael Barbosa da
Silva, de 23 anos. Ele é acusado de furtar apartamentos do prédio onde
trabalhava, na 312 Sul. A ação é coordenada pela 1ª Delegacia de Polícia
(Asa Sul) e está em sua segunda fase.


A primeira fase foi deflagrada no dia 16 de agosto, quando
pelo menos sete proprietários de apartamentos denunciaram os crimes.
Agora, mais seis moradores registraram ocorrências e indicaram objetos
furtados, sendo que a maior parte deles estava na casa de Mikael, em
Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF.

Campanha CLDF


O homem conquistava a confiança dos moradores, que costumavam deixar a
chave de seus apartamentos quando precisavam de algum serviço, como o
acesso de diaristas. Uma das moradoras do prédio começou a suspeitar que
estava sendo furtada. A síndica foi tirar satisfação com o porteiro e
ele acionou a Justiça, pedindo R$ 15 mil de indenização por calúnia e
difamação.


A Polícia Civil começou a investigar o caso enquanto o processo
tramitava. Depois de autorização judicial, os policiais foram até a casa
de Mikael e encontraram os objetos supostamente furtados no prédio.
Joias, relógios, tablets, bebidas e lingeries estão entre os itens
apreendidos. A prisão preventiva do rapaz foi pedida pela polícia, mas
negada pelo Tribunal de Justiça.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui