Live da Sedes aborda benefícios sociais em época de pandemia

0

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) realiza, a partir das 9h30 desta sexta-feira (29), mais uma live para abordar o universo da política de assistência social do Distrito Federal. Após ressaltar o dia do Assistente Social e o enfrentamento ao abuso sexual de crianças e adolescentes, essa terceira transmissão aborda os benefícios eventuais com foco neste período de pandemia.

“Queremos chamar a atenção para importância desses benefícios na garantia de proteção à população no contexto de pandemia”, destaca a subsecretária de Assistência Social, Kariny Alves. Neste ano, com o advento da transmissão da Covid-19, foi necessária a transferência de renda, por exemplo, para mais de mil catadores de materiais recicláveis, além da criação do programa Renda Emergencial, que vai atender até 28 mil famílias.

A ideia é abordar, dentro do tema, assuntos como concessão, formas de solicitação, públicos-alvo e impacto dessa verba na vida de quem mais precisa, principalmente em virtude da crise mundial ocasionada pela proliferação do novo coronavírus e seus desdobramentos, como comércios fechados, desativação de postos de trabalho e dificuldade para viabilizar emprego e renda.

Campanha CLDF

O bate-papo vai envolver as assistentes sociais Rafaella Câmara e Cinthya Barroso. Ambas são servidoras de carreira da secretaria e têm larga experiência de atendimento e pesquisa acerca de benefícios eventuais dentro da política de assistência social.

A transmissão ocorre ao vivo no canal Sedes-DF, no Youtube, com a moderação de Nathália Eliza de Freitas, assistente social e coordenadora de Proteção Social Básica da Secretaria.

Saiba mais
Os benefícios eventuais são, antes de tudo, direito da população e parte integrante da política de assistência social. Tratam-se de provisões suplementares que integram organicamente as garantias do Sistema Único de Assistência Social (Suas) prestadas aos indivíduos e as famílias em virtude de:
– Nascimento;
– Morte;
– Situação de Vulnerabilidade Temporária;
– Calamidade Pública.

Podem receber os benefícios eventuais pessoas e famílias com renda igual ou menor que meio salário mínimo por cada pessoa da família (renda per capita), que morem no DF e estejam inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Os valores, as parcelas e as condicionalidades variam em cada caso.

Serviço
Live benefícios eventuais no contexto de pandemia
Sexta-feira (29 de maio)
A partir das 9h30
Canal Sedes-DF no Youtube, https://bit.ly/2WYu4j0

Com informações Sedes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui