João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

0
joao de deus folhapress 09012019180153434 - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda
O médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus, prestará novo depoimento ao MP-GO(Ministério Público de Goiás) na tarde desta segunda-feira (14).
Ele será ouvido, pela segunda vez, pelos promotores que integram a força-tarefacriada para investigar as acusações de crimes sexuais atribuídos ao médium por mulheres que frequentavam a Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO).
A previsão é de que os promotores ouçam João de Deus no próprio Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital do estado, onde o médium está detido em caráter preventivo desde o dia 16 de dezembro.
Ao prestar seu primeiro depoimento ao MP, em 26 de dezembro, João de Deus negou ter abusado sexualmente de frequentadoras do centro. Segundo seus advogados, ele afirmou jamais ter ficado sozinho com as fiéis que buscavam auxílio espiritual e não reconheceu três das denunciantes que procuraram o MP-GO.
canal%2B3%2Bvia%2Bcartao%2B %2BC%25C3%25B3pia - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

A apuração do Ministério Público já resultou em uma primeira denúncia contra o médium, acusado pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual. A Justiça estadual aceitou a denúncia no dia 9 de janeiro, mantendo-o no Complexo Prisional.
A defesa do médium chegou a recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), em 20 de dezembro, a fim de obter um habeas corpus que permitisse, se necessário, responder ao processo em prisão domiciliar. No entanto, na última sexta-feira (11), a defesa protocolou um pedido de desistência do habeas corpus.
De acordo com o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, a desistência é uma estratégia processual. Segundo ele, a defesa vai esperar o julgamento de outro habeas corpus protocolado na Justiça de Goiás, que retornou às atividades nesta semana, após o recesso de fim de ano.  A Polícia Civil de Goiás apreendeu nesta sexta-feira (21) pedras preciosas e dinheiro em três endereços ligados a João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, acusado de cometer abuso sexual durante os atendimentos espirituais.
45e3d5a6 0305 4294 be27 81a0bb3163aa - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

31d0c501 51f7 40b2 9f76 eb05ab018688%2B %2BC%25C3%25B3pia - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

20181210 090847 - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

20181210 134415 - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

79d8b58d 123f 4c6c b3fb 1c7f77398b2e%2B %2BC%25C3%25B3pia - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

FB IMG 1520187201016 - João de Deus volta a ser ouvido pelo Ministério Público nesta segunda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui