Governador Rodrigo Rollemberg recebeu doações da JBS na campanha de 2014

0

Além dele receberam Agnelo e Jofran Frejat.

A quebra de sigilo mostrou doações da JBS a 1.829 candidatos de 28 partidos nas eleições de 2014, mostrando a grande influência da empresa no meio político. Os concorrentes do Palácio do Buriti que se beneficiaram com as doações foram: Agnelo, Rodrigo Rollemberg e Jofran Frejat que receberam juntos R$ 985.899.


Rollemberg foi o que mais recebeu doações. E dois dias antes de ser eleito recebeu a doação de R$ 450 mil reais. A JBS ainda destinou 500 mil a campanha de Frejat por meio de depósito em espécie dois dias antes do segundo turno.


Já para Agnelo foram destinados R$ 83.067 em onze parcelas que foram pagas quando o petista já havia saído da competição pelo Palácio. As parcelas foram destinadas à ele pelo Comitê Único do PT.


Já os deputados Júlio Cézar (PRB) recebeu R$ 9.545, Rodrigo Demalsso (Podemos), R$ 34.695 e o deputado federal Ronaldo Fonseca recebeu R$ 75 mil em parcelas de R$ 25 e R$ 50 mil pela direção Nacional do partido.


Além deles, ainda tiveram deputados que não conseguiram se candidatar como o Dr. Charles (PR) (R$100 mil), e os do PRB, Valderni Leite da Silva (R$ 10.445 mil), Claudeci Xavier (R$ 2.450 mil).




Equipe JM.







Campanha CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui