Emater-DF incentiva filho de produtor a investir no campo

0

Foi numa área de 600 metros quadrados no Núcleo Rural Córrego do Atoleiro, em Planaltina, que Cleiton Neves Elias, de 25 anos, começou a pôr em prática seu desejo de ser empreendedor rural. Ele fez curso de técnico em agroindústria no Instituto Federal de Brasília (IFB) e pelo programa Filhos deste Solo, da Emater-DF. Além do desejo de empreender, a necessidade de ajudar a mãe, Ivani Mariana Neves Elias, 53 anos, na terra dela – e, no futuro, poder fazer essa sucessão, aumentou dentro do jovem do campo.

Dona Ivani tem dois hectares, mas cedeu parte do terreno para ele cultivar mudas e insumos orgânicos. Inicialmente, está investindo em plantas nativas do Cerrado, ornamentais, Pancs (Plantas Alimentícias Não Convencionais) e insumos. Foi no programa Filhos deste Solo que ele diz ter ampliado os horizontes para o empreendedorismo e começado a controlar seus gastos.

“O curso me proporcionou ter total controle dos meus gastos, além de acesso a uma network que viabilizou visitarmos propriedades de sucesso, pegar informações importantes e divulgar um pouco do meu produto. Foi extremamente importante para mim”, conta Cleiton.

O projeto, que teve andamento na atual gestão, está alinhado ao Plano Estratégico do Governo do Distrito Federal no âmbito do desenvolvimento econômico – com oportunidade de emprego e renda, além da melhoria no ambiente de negócio. A iniciativa também está contemplada no lado social, com objetivo de reduzir desigualdades por meio da geração de renda.

Entre suas cultivares, Cleiton possui plantas do Cerrado e de outros ecossistemas, como o tamboril, barriguda, araçá, graviola, aroeira-pimenteira, cacau, cereja gaúcha, pau-ferro, cajá, café vermelho, buriti, açaí, ingá, vinagreira e ipês branco, amarelo e rosa. 

“Ainda estou adaptando, organizando o viveiro, colocando os nomes científicos das ornamentais”, explicou Cleiton. As Pancs fazem parte do cultivo de sua mãe, mas que estão recebendo grande parte da sua atenção, por serem nelas que dona Ivani investe com maior propriedade e espera ter retorno.

O  curso presencial de empreendedorismo Filhos deste Solo formou dez turmas com alunos dos núcleos rurais da Taquara, Tabatinga, Pipiripau, PAD-DF, IFB de Planaltina, Brazlândia, Jardim II e Rio Preto, totalizando 207 jovens da área rural beneficiados. Para a presidente 

da Emater-DF, Denise Fonseca, o projeto engrandece o campo e visa mostrar as diversas possibilidades que os jovens podem encontrar na área rural. Com informações da Emater-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui