Cerca de 2,5 mil indígenas acampam em Brasília em defesa de seus direitos

0

O Museu da Memória dos Povos Indígenas recebe, até a sexta-feira
(27/4), a 15ª edição do Acampamento Terra Livre, que este ano tem o tema
“Unificar as lutas em defesa do Brasil Indígena – Pela garantia dos
direitos originários dos nossos povos”. No evento, são esperadas cerca
de 2,5 mil pessoas de todas as regiões do país, representando mais de
100 tribos.

O acampamento faz parte da Semana de
Mobilização Nacional Indígena (MNI). O foco do evento é o direito
territorial, tendo como principal reivindicação o retorno das
demarcações das terras indígenas, além da revogação do Parecer 001/2017,
que trata sobre as delimitações.

 A instalação do acampamento aconteceu na manhã desta segunda-feira
(23/4), com a abertura oficial da mobilização agendada para o período da
tarde. À noite, danças, cerimônias e rituais tomam conta do espaço, que
fica em frente ao Memorial JK. Também haverá uma reunião entre as
delegações.


Ato no Congresso Nacional 

Nesta
terça-feira (24/4), a programação continua como uma plenária geral
durante a manhã. Pela tarde, os indígenas partem em direção ao Congresso
Nacional para fazer um ato. 

Até o último dia de estada
dos indígenas, serão feitas outras plenárias, audiências, lançamentos de
publicações, projeções de filmes e mais atividades culturais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui