Agentes culturais ganham identidade digital

0
WhatsApp Image 2018 12 12 at 17.45.32 - Agentes culturais ganham identidade digital
Artistas, produtores e demais profissionais da cadeia produtiva cultural do Distrito Federal já podem contar com duas novas ferramentas tecnológicas para facilitar e tornar mais ágil o acesso a serviços e políticas culturais: o ID Cultura, cadastro digital dos agentes culturais do DF, e Portal da Cultura, plataforma virtual que agrega serviços, agenda cultural, mapeamento de ações, espaços e da presença internacional dos artistas do DF. Os dois instrumentos, desenvolvidos numa parceria entre Secretaria de Cultura e Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), foram lançados nesta terça-feira (11), às 19h, no Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul).
A partir de agora, com o ID Cultura, cada agente cultural terá uma identificação digital única, que vai agregar todos os seus dados cadastrais, facilitando os trâmites burocráticos. Todo o legado de informações existentes, vindas de cadastros como o de Entes e Agentes Culturais (CEAC), foi preservado e reorganizado dentro de um único sistema mais moderno.
Para o secretário de Cultura, Guilherme Reis, é importante que os agentes culturais e artistas das cidade se apropriem destes instrumentos. “ Temos trabalhado para ampliar a participação social e otimizar os processos de gestão pública com intuito de facilitar a vida do produtor cultural e dos gestores públicos”, afirmou.
Essas novas ferramentas permitem que a relação entre Secretaria de Cultura e agentes culturais saia do atual modelo analógico para outro totalmente informatizado e dinâmico. Para se inscrever nos editais de fomento, chamamentos públicos e acompanhar os processos dos quais faz parte, por exemplo, o agente cultural poderá se registrar no ID Cultura e ter todos os demais sistemas à disposição para uso, apenas com uma única autenticação (login) no Portal da Cultura.
Além disso, artistas e produtores culturais poderão atualizar, por conta própria e a qualquer tempo, suas informações e documentos por meio do Portal da Cultura. Isso evitará que o agente cultural precise vir pessoalmente à Secretaria de Cultura para entrega da documentação pessoal todas as vezes que for inscrever um projeto.
As facilidades também serão observadas na etapa final do processo. O novo sistema de gestão de informações permitirá a aferição de indicadores culturais de forma mais precisa e confiável. Um passo importante para a implementação do Sistema de Informações e Indicadores Culturais do Distrito Federal.
Para Lucio Rennó, presidente da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) a ação informatiza o processo de comunicação entre os órgãos do governo e os agentes culturais. “Com a ideia de que o desenvolvimento do DF passa pela cultura e pela economia criativa nós nos dedicamos a mapear, avaliar e analisar esse setor e suas políticas públicas”, disse.
Portal da Cultura – Imagine a praticidade de encontrar num só ambiente virtual uma coletânea de dados e imagens sobre a cultura do DF, mas também editais e chamamentos públicos, programação cultural atualizada pelos próprios organizadores e o mapa da presença de nossos artistas no exterior e no Brasil? É exatamente isso que o Portal da Cultura tem a oferecer aos profissionais da cadeia da economia cultural e criativa e moradores do Distrito Federal: acesso rápido e democrático a informações qualificadas sobre serviços, políticas públicas, agenda cultural, bens patrimoniais e muito mais.
Com o Portal da Cultura, a certificação como agente cultural (CEAC) e artista plástico profissional (CAPP) fica muito mais ágil porque passa a ser toda on-line. Após cadastrar-se no ID Cultura, o solicitante pode requisitar suas certificações e encaminhar toda documentação comprobatória pelo sistema, acompanhando por lá sua tramitação. Ou seja, ele não precisará mais se dirigir à Secretaria de Cultura para requerer esses certificados, nem tirar cópias de documentos.
A atualização da agenda no Portal da Cultura (http://portalcultura.df.gov.br/) também será bem dinâmica porque a alimentação dos dados acontecerá automaticamente a partir das ações culturais cadastradas pelos próprios artistas e produtores culturais no Mapa nas Nuvens – cartografia cultural do DF (http://mapa.cultura.df.gov.br/).
Cooperação técnica – O ID Cultura e o Portal da Cultura são resultados de um acordo de cooperação técnica entre Secretaria de Cultura e Codeplan, formalizado em março deste ano, para desenvolvimento de estudos, pesquisas e tecnologias para fortalecimento das políticas culturais.
canal%2B3%2Bvia%2Bcartao%2B %2BC%25C3%25B3pia - Agentes culturais ganham identidade digital

 A parceria, cujo plano de trabalho tem duração de 12 meses, está estruturada em três linhas de ação: desenvolvimento do Sistema de Informações e Indicadores Culturais do Distrito Federal; produção de estudos sobre  as economias culturais e criativas; e avaliação de impacto da política pública de fomento e incentivo à cultura.
Tanto o Portal da Cultura quanto o ID Cultura são inovações previstas na Lei Orgânica da Cultura (LOC) com objetivo de modernizar a gestão pública cultural, aprimorando a leitura de indicadores culturais sobre a cultura do DF.
df7b42e3 9507 48cb 89a8 6a4e17a6bde0 - Agentes culturais ganham identidade digital

45e3d5a6 0305 4294 be27 81a0bb3163aa - Agentes culturais ganham identidade digital

31d0c501 51f7 40b2 9f76 eb05ab018688 - Agentes culturais ganham identidade digital

20181210 134415 - Agentes culturais ganham identidade digital

79d8b58d 123f 4c6c b3fb 1c7f77398b2e%2B %2BC%25C3%25B3pia - Agentes culturais ganham identidade digital

FB IMG 1520187201016 - Agentes culturais ganham identidade digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui