Natação consegue 1ª dobradinha e faz Brasil passar das 100 medalhas no Pan

0
26

A natação segue somando medalhas para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima no Peru. Depois de seis no primeiro dia de disputas, mais seis no segundo – mesmo com uma final a menos. Desta vez foram um ouro, uma prata e três bronzes.

A dobradinha e o único ouro do dia veio nos 200m livre masculino. E com a nova geração comandando! Fernando Scheffer, de 21 anos, ficou com a medalhas dourada, e Breno Correia, de 20, bateu na segunda colocação. O bronze foi para o norte-americano Drew Gibson.

Mas, apesar de todas as medalhas, o dia foi de derrota clara para os Estados Unidos, que ganhou nada menos que seis das finais – só perdeu a de Scheffer.

A derrota mais sofrida foi a do revezamento 4x100m livre. O Brasil chegou como favorito e bateu na frente em praticamente todas as passagens, mas perdeu fôlego nos últimos 50m e acabou ‘apenas’ com a prata.

De qualquer forma, a natação segue ajudando o Brasil a colecionar medalhas em Lima. Foram nas piscinas, por exemplo, que o país chegou e ultrapassou a marca das 100 medalhas.

A centésima veio de bronze, com Vinícius Lanza nos 100m borboleta. Como saíram mais dois pódios depois do dele, o Brasil fechou a quarta-feira com 102 medalhas, sendo 31 ouros, 26 pratas e 45 bronzes, ainda na segunda posição do quadro geral.

Os outros a subirem no pódio foram Larissa Oliveira (bronze nos 200m livre) e Leonardo de Deus (bronze nos 200m costas).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui