Exposição de Lia do Rio chega a Brasília e provoca reflexão sobre o tempo

0
105

A exposição “Tempo em Suspensão”, de Lia do Rio, estreou em Brasília, em 2 de julho, e deve provocar o olhar do expectador sobre o presente e o efêmero.

A mostra, gratuita, conta com 37 obras, entre colagens, vídeos e instalações. Uma das principais matérias-primas usadas por Lia são folhas secas, que ela transforma em reflexões sobre vida, morte, transformação, tempo e atemporalidade. “Não estou falando de ecologia, mas do ser humano. Eu acredito que todas as problemáticas mundiais que envolvem sobrevivência estão nessa incapacidade de se perceber natureza”, diz Lia no material de divulgação de seu trabalho.

A curadoria da exposição é do artista visual e escritor Bené Fonteles. “A originalidade da obra de Lia reside na forma de se apropriar dos resíduos naturais e lhes dar função estrutural. Ela ressignifica os materiais para conceder-lhes potência poética”, afirma Bené.

Lia do Rio Cardoso Costa nasceu em São Paulo e mora no Rio de Janeiro desde os dez anos de idade. Formou-se em pintura da Escola Nacional de Belas Artes, da UFRJ, e ingressou na Escola de Artes Visuais do Parque Lage até 1985.

Serviço
Exposição “Tempo em Suspensão”
Data: Até 4 de agosto de 2019
Horário: das 9h às 18h, de terça a domingo
Local: Museu Nacional da República, Setor Cultural Sul, Lote 2, Esplanada dos Ministérios
Entrada franca
Classificação indicativa: livre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui