Administração de São Sebastião em uma Força Tarefa contra o mosquito Aedes aegypti. Cidade com maior número de pessoas infectadas no DF.

2
23

Cerca de 400 Bombeiros militares realizaram mais uma edição da força-tarefa de combate ao mosquito Aedes aegypti na região administrativa de São Sebastião, na manhã deste sábado  As equipes vistoriaram casas e terrenos a fim de encontrar focos do mosquito, além de orientar a população na prevenção às doenças transmitidas pelo inseto. 

Além das visitas e orientações, a cidade está no segundo ciclo de aplicação do fumacê (UBV), de um total de cinco.
Os trabalhos foram concentrados nos bairros Vila São José, Vila Nova e São Francisco onde os militares realizaram as visitas domiciliares, para eliminar os criadouros com larvicidas, quando necessário.

Combate ao Aedes

De acordo com a Vigilância Ambiental, o engajamento da população é fundamental no combate ao mosquito. A principal forma de se prevenir as doenças transmitidas pelo inseto é manter o monitoramento constante nas residências, sempre buscando evitar água parada.
Para evitar a proliferação do mosquito, é necessário manter caixas d’água, tonéis e barris de água tampados, fechar bem os sacos plásticos com lixo, manter garrafas de vidro ou plástico sempre com a boca para baixo e encher os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
Também é preciso limpar as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas impeçam a passagem da água.
Em caso de identificação de focos do mosquito, os moradores podem acionar a Vigilância Ambiental pelo telefone 160, para que as equipes intensifiquem o trabalho no local. É possível, ainda, comunicar prováveis focos pelo site Brasília contra o Aedes.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui