Matrículas da rede privada devem ser feitas em escolas credenciadas

0
50

Em 2019, muitos pais ou responsáveis por estudantes da educação básica tiveram problemas com escolas privadas que não estavam devidamente credenciadas pela Secretaria de Educação do Distrito Federal. Para evitar transtornos, é importante conferir a lista de escolas credenciadas antes da efetivação da matrícula de alu

nos em instituições privadas.

O credenciamento atesta se a instituição cumpre as exigências legais para funcionar. O credenciamento é emitido pela SEEDF após a aprovação do Conselho de Educação do DF (CEDF). Somente são válidos os documentos escolares emitidos por instituição educacional credenciada.

A Secretaria de Educação verifica o cumprimento de uma série de exigências legais que as instituições precisam atender para oferecer os serviços. A proposta pedagógica, o regimento escolar e o plano de curso, quando se tratar de educação profissional, passam por análise da área técnica. Tudo deve estar de acordo com a Resolução n° 1/2018 do Conselho de Educação do Distrito Federal, com suas alterações.

Para se credenciar

Para obter o credenciamento, o representante legal da entidade mantenedora deve autuar processo próprio e solicitar a oferta de uma ou mais etapas e modalidades da educação (educação infantil – creche e pré-escola, ensino fundamental, ensino médio, educação profissional técnica de nível médio e educação de jovens e adultos). O prazo de credenciamento poderá ser concedido por até cinco anos.

Clique e veja os documentos necessários para realizar o credenciamento

Serviço:
Órgão responsável pelo credenciamento:
Diretoria de Supervisão, Normas e Informações do Sistema de Ensino (DINE – SUPLAV/SEEDF);
Endereço: Setor Bancário Norte (SBN), Quadra 2, Bloco C, Edifício Phenicia – 9º andar;
Telefone: 3901-3298

Leia mais:
Vai se matricular em escola particular? Confira se ela é credenciada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui